Anajás

Anajás é um município do estado do Pará, localizado as margens do rio Anajás. A cidade de Anajás localiza-se no centro da Ilha do Marajó. Sua população estimada é de 27.540 habitantes. A economia de Anajás e baseada nas atividades extrativistas, na pecuária e agricultura familiar. Anajás.

O rio mais importante é o Anajás, que nasce em Ponta de Pedras e atravessa o Município em direção Leste-Oeste, onde em sua margem esquerda se encontra a sede municipal.

O Rio Anajás tem como principal afluente, pela margem direita, o Rio Mocoões,que desemboca em frente à cidade de Anajás. Ainda pela margem direita, destacam-se os rios Guajará, Cururu e Jacaré e margem esquerda seus afluentes Principais são os Rios Aramã e os Furos do Jipuru e Japichaua. O Rio Anajás desagua no Canal do Vieira, no município de breves.

No Município, encontra-se alguma produção artesanal, tendo como produtos principais cestas, vasos e esteiras. Apenas uma Biblioteca Pública pode ser considerada como equipamento cultural, em Anajás.

[divider]■ PONTOS TURÍSTICOS[divider]

n/d

[divider]■ COMO CHEGAR[divider]

De Carro:
n/d

De Ônibus:
n/d

[divider]■ MAPA DA REGIÃO[divider]

Número de turistas estrangeiros no Ceará cresce 99% no primeiro semestre de 2019

O Aeroporto de Fortaleza recebeu 99% mais estrangeiros no primeiro semestre deste ano. O número fez do Ceará o estado com mais aumento na quantidade de passageiros estrangeiros. Foram 129,4 mil visitantes internacionais em voos diretos, a maior porta de entrada de turistas estrangeiros do Nordeste. Pernambuco aparece em segundo lugar, com 118,9 mil, e Bahia em terceiro, com 115 mil. Diferente do Ceará, os dois estados tiveram queda no número de visitantes internacionais se comparado ao mesmo período do ano passado.

No ranking nacional, o Ceará só fica atrás dos estados de São Paulo (3,8 milhões de passageiros, com crescimento de 4%) e do Rio de Janeiro (1,1 milhão de passageiros, com queda de 1,3%). Na quarta colocação, aparece o Rio Grande do Sul, com 126,6 mil estrangeiros, seguido por Pernambuco e Bahia. Os números são da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac).

A previsão da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur) é que os bons números sejam registrados também nos meses de ventos mais intensos, agora no segundo semestre. De agosto a novembro, a expectativa é que cheguem ao Estado 156,4 mil turistas estrangeiros, número 12% maior se comparado ao mesmo período do ano passado, quando o Ceará recebeu 139,6 mil visitantes de fora do País.

“Desde que os novos voos tiveram início, estamos numa crescente muito boa no número de estrangeiros vindo para o nosso Estado. Já temos mais três novos voos previstos, dois para este ano e um para 2020, vindos de Madri. Estamos também em negociação com novas companhias e por isso nossa expectativa é que esse aumento permaneça, trazendo mais renda para o Ceará”, destaca o titular da Setur, Arialdo Pinho.

O estudante suíço Nicolas Gilomen, 28 anos, é um desses visitantes. “As praias são bem diferentes, tem vento todos os dias, as condições são perfeitas para o kitesurfe. Tem lagoas com água plana, excelente pra treinar as manobras. É muito bom pra fazer o freestyle”. Os amigos dele na Suíça também querem muito vir ao Ceará e já estão se programando. “Todo mundo quer ver como é aqui, praticar o esporte nessas condições. E agora com mais opções de voo, fica mais fácil chegar. Próximo ano estarei aqui de novo”, conta o estudante, que está em sua oitava viagem ao Ceará.

Fonte: Gov. do Estado do Ceará

São Sebastião do Uatumã

São Sebastião do Uatumã está localizada a 246 km de Manaus e tem sua população com mais de 13 mil pessoas. O município situado na Região do Baixo Amazonas mantém-se um forte produtor de mandioca, juta, malva, milho e abacaxi.

Já na pecuária é uma das cidade com maior concentração de bovinos e suínos, o que representa uma forte produção de carne e de leite destinada ao consumo local. Sua principal atividade na área de turismo de evento acontece durante a Festa do Padroeiro, São Sebastião, realizada em 20 de janeiro onde visitantes e turistas conhecem um pouco mais da pacata cidade.

[divider]■ PONTOS TURÍSTICOS[divider]

# 1 Reserva Biológica do Uatumã
A Reserva Biológica do Uatumã é uma unidade de conservação na categoria de reserva biológica, onde não é permitida a visitação, apenas científica. Possui área de 938.619 mil hectares e fica localizada no estado do Amazonas, na bacia dos rio Uatumã e Jatapu. Foi criada por conta da construção da Usina Hidrelétrica de Balbina e da mineração de cassiterita, atividades que estavam ameaçando a flora e fauna da região.

[divider]■ COMO CHEGAR[divider]

De Carro:
n/d

De Ônibus:
n/d

De Avião:
n/d

[divider]■ MAPA DA REGIÃO[divider]

São Paulo de Olivença

Como a maioria das cidades amazonenses, São Paulo de Olivença, localizado a 1.008 km de Manaus, tem sua história ligada à Missão fundada pelos jesuítas, no final do século 17.

O município amazonense do Alto Solimões tem em seu turismo ligado a eventos religiosos com destaque para a festa do padroeiro São Paulo Apóstolo, de 20 a 29 de junho. Neste período, a cidade toda é ornamentada para um grande arraial, onde os moradores e entidades públicas realizam leilões e a procissão.

E na área cultural, as manifestações mais latentes estão ligadas as danças dos africanos, do limão e a do tipiti.

[divider]■ PONTOS TURÍSTICOS[divider]

Balneário Ajaratuba

Balneário São Francisco

Rio Solimões

Praça São Paulo

Igreja Catedral de São Paulo Apóstolo

Campo do Cerquinha

Lagos

[divider]■ COMO CHEGAR[divider]

De Carro:
n/d

De Ônibus:
A Viação Aruanã Transportes (www.aruanatransportes.com), faz o trajeto da capital Manaus até Presidente Figueiredo.

De Avião:
O aeroporto mais próximo é o de Manaus que recebe voos do Brasil e Exterior.

Aeroporto Internacional de Manaus
Av. Santos Dumont, 1350
Tarumã – Manaus – AM
Telefone: (92) 3652-1667

[divider]■ MAPA DA REGIÃO[divider]

São Gabriel da Cachoeira

São Gabriel da Cachoeira está a 853 km de Manaus. Privilegiada pela exuberante natureza em seu território. E é onde está localizado o pico mais alto do estado, o da Neblina. Rodeada de lendas e mitos, a “Bela Adormecida” é conhecida pelos nativos como Curicurian. Possui montanhas com altitudes que ultrapassam os 900 metros e cachoeiras desconhecidas da maioria da população.

Em São Gabriel da Cachoeira ainda tem várias aldeias indígenas, principalmente dos tucanos, ianomâmis e baniwas que vivem no Alto Rio Negro. O artesanato é uma potencialidade, pois é possível comprar artigos e artefatos indígenas originais como, cestos de palha, redes, utensílios das mais de 14 etnias.

[divider]■ PONTOS TURÍSTICOS[divider]

n/d

[divider]■ COMO CHEGAR[divider]

De Carro:
n/d

De Ônibus:
A Viação Aruanã Transportes (www.aruanatransportes.com), faz o trajeto da capital Manaus até Presidente Figueiredo.

De Avião:
O aeroporto mais próximo é o de Manaus que recebe voos do Brasil e Exterior.

Aeroporto Internacional de Manaus
Av. Santos Dumont, 1350
Tarumã – Manaus – AM
Telefone: (92) 3652-1667

[divider]■ MAPA DA REGIÃO[divider]

ICMBio promove 3º Concurso de Fotografia do Voluntariado

Os interessados têm até o dia 4 de novembro para inscrever sua foto no concurso; resultado sairá dia 5 de dezembro.

As inscrições para o 3º Concurso de Fotografia do Programa de Voluntariado do ICMBio estão abertas de 28 de agosto até o dia 4 de novembro, acesse aqui o edital. Podem participar voluntários inscritos no Programa, servidores efetivos, comissionados, funcionários terceirizados e supervisores de voluntários de qualquer estado do Brasil e estrangeiros residentes no país. O objetivo do concurso é divulgar e valorizar o Programa de Voluntariado do ICMBio, demonstrando a importância do trabalho voluntário como uma estratégia de integração da sociedade na conservação da sociobiodiversidade. As imagens selecionadas comporão o calendário do Programa de Voluntariado do ICMBio do ano de 2020.

Os interessados em se inscrever devem fazer exclusivamente em meio eletrônico, pelo endereço voluntariado@icmbio.gov.br. As imagens enviadas devem necessariamente ser de autoria do responsável pela inscrição. O resultado será divulgado em 5 de dezembro de 2019, como parte das comemorações do Dia Internacional do Voluntariado, por meio do portal eletrônico do ICMBio, e os calendários produzidos estarão disponíveis para download na página do Programa de Voluntariado do ICMBio.

As imagens enviadas para participação no concurso farão parte do banco de imagens do Programa de Voluntariado e poderão ser utilizadas pelo ICMBio para ilustrar materiais de divulgação, relatórios, apresentações e outros materiais institucionais, independentemente de seleção ou premiação no concurso, sendo garantido os créditos correspondentes à autoria.

Serão aceitas somente imagens de unidades regularmente cadastradas e ativas no Programa de Voluntariado do ICMBio. As imagens produzidas deverão ilustrar as experiências de voluntários e sua relação com o objetivo estratégico do Programa de Voluntariado, que é promover o engajamento da sociedade na conservação da biodiversidade por meio da ação voluntária e do reconhecimento público dessa contribuição. As fotografias deverão observar requisitos técnicos como formato, resolução, tamanho, veja no edital. As fotos podem ser captadas com celulares ou câmeras digitais de qualquer tipo, mas as imagens precisam ser inéditas.

Seja um voluntário – O Programa de Voluntariado do ICMBio tem o propósito de promover o engajamento da sociedade na conservação da biodiversidade por meio da ação voluntária e do reconhecimento público dessa contribuição. Participar do programa é uma oportunidade para cada um exercitar sua cidadania e contribuir para um meio ambiente mais equilibrado e melhoria da qualidade de vida local. A população pode atuar juntamente com as equipes do ICMBio, em diversas ações de conservação da natureza tais como pesquisa, visitação, comunicação, educação ambiental e proteção, entre outras. Veja aqui os editais abertos para seleção de voluntários nas unidades de conservação que participam do Programa.

Santo Antônio do Içá

Com pouco mais de 20 mil habitantes, Santo Antônio do Iça está a 879 km de Manaus. Na calha do Alto Solimões, Santo Antônio é uma das cidades amazonenses que tem em sua economia a pesca como maior fonte de renda.
Uma das características do município são os mais de 20 lagos, de fácil acesso para a pesca alimentar e esportiva.

Santo Antônio do Iça sedia vários eventos em todo das festividades juninas com arraias que celebram as festividades do padroeiro da cidade, o Santo Antônio de Lisboa

[divider]■ PONTOS TURÍSTICOS[divider]

n/d

[divider]■ COMO CHEGAR[divider]

De Carro:
nd

De Ônibus:
nd

De Barco:
nd

De Avião:
nd

[divider]■ MAPA DA REGIÃO[divider]

Rio Preto da Eva

Rio Preto da Eva fica distante cerca de 80 km de Manaus, é o principal destino gastronômico quando o assunto é café da manhã. Mas é com pé de laranjeiras que o município se posiciona como o maior produtor de laranjas do Amazonas.

Muito visitada principalmente por manauaras, a cidade possui balneários, cachoeiras e grutas. Além do mirante pastor Severo Câmara, uma réplica do Cristo Redentor do Rio de Janeiro que compõe um dos marcos turísticos do município.

[divider]■ PONTOS TURÍSTICOS[divider]

# 1 Rio Preto
A descida do Rio Preto é feita com caiaques a partir da comunidade Jerusalém 13 km acima e outro roteiro é a descida do rio a partir da ponte da cidade até o parana da Eva.

[divider]■ COMO CHEGAR[divider]

De Carro:
A BR-174, também conhecida por Manaus–Boa Vista.

De Ônibus:
A Viação Aruanã Transportes (www.aruanatransportes.com), faz o trajeto da capital Manaus até Presidente Figueiredo.

De Avião:
O aeroporto mais próximo é o de Manaus que recebe voos do Brasil e Exterior.

Aeroporto Internacional de Manaus
Av. Santos Dumont, 1350
Tarumã – Manaus – AM
Telefone: (92) 3652-1667

[divider]■ MAPA DA REGIÃO[divider]

Pauini

A cidade de Pauini localizada na região do Alto Purus, distante a 925 km de Manaus, sua geografia, está dividido em duas partes: cidade alta e cidade baixa. Para ter acesso a parte da alta do município, existe uma longa escada, com 186 degraus.

[divider]■ PONTOS TURÍSTICOS[divider]

A cachoeira do Bom Jesus e Balneário do Hernandes são boas pedidas, é impossível ir em Pauini e não conhecer esses lugares, como, também o igarapé de Macuti.

[divider]■ COMO CHEGAR[divider]

De Carro:
n/d

De Ônibus:
n/d

De Barco:
Por via fluvial a viagem pode ser de lanchas e barcos e o trajeto pode durar até uma semana de Manaus até o local de chagada.

De Avião:
Já por via aérea os chamados táxis aéreos são uma outra alternativa para chegar à região.

[divider]■ MAPA DA REGIÃO[divider]

Parintins

O município de Parintins, popularmente conhecido como “Ilha Tupinambarana”, está distante cerca de 369 quilômetros da capital Manaus e sedia o maior evento folclórico a céu aberto do mundo: o Festival de Parintins.

Além da disputa de Garantido e Caprichoso, realizada no último final de semana de junho, a cidade encanta pelos paraísos em meio à floresta. Balneários localizados a beira de lagos fazem a diversão dos moradores e visitantes.

[divider]■ PONTOS TURÍSTICOS[divider]

# 1 Serra da Valéria
A Serra da Valéria, próxima do Rio Amazonas, que fascina pelo seu ar de mistério quando encoberta por nuvens.

[divider]■ COMO CHEGAR[divider]

De Carro:
n/d

De Ônibus:
n/d

De Avião:
n/d

[divider]■ MAPA DA REGIÃO[divider]